Porta acústica, a importância da vedação para o desempenho acústico de edificações.

O mercado da construção civil brasileiro como um todo encontra-se frente ao desafio de se adaptar a norma ABNT:NBR 15575 de 2013 – Desempenho de Edificações Habitacionais – que estabelece parâmetros mínimos a serem atendidos para diversos requisitos. Dentre os requisitos, está definido que apartamentos precisam sair de fábrica com proteção acústica. Além do projeto e da especificação de materiais de qualidade, a fase execução é primordial para o desempenho dos sistemas construtivos, portanto nesse artigo discutiremos a importância da vedação para o desempenho acústico dos sistemas, mais especificamente para o caso de portas.

Continue lendo “Porta acústica, a importância da vedação para o desempenho acústico de edificações.”

Tudo que você precisa saber sobre Absorção Acústica

No que que diz respeito a acústica, é comum encontrarmos no dia a dia quem nunca ouviu, tem pouco conhecimento ou se confunde sobre os termos mais recorrentes no ramo e características acústicas de materiais. Atualmente, existe no mercado uma gama de materiais que são vendidos como acústicos ou termo acústicos para aplicações diversas, mas a realidade é que todos possuem qualidades acústicas como isolamento, absorção, difusão ou reflexão e que algumas qualidades são mais acentuadas que outras, dependendo das particularidades de cada material. Este conteúdo te ajudará a entender o que é absorção acústica, quais são os materiais que mais absorvem o som, onde são utilizados, objetivos de aplicação e características técnicas. Continue lendo “Tudo que você precisa saber sobre Absorção Acústica”

Como os sons graves se comportam em um estúdio

A sala de estúdio é como um instrumento musical e como a caixa acústica de um violão, suas proporções influenciam na sua sonoridade refletindo na qualidade das reproduções e gravações. Um produtor mixando em uma sala que apresenta forte reforço nos graves tende a compensá-los durante a equalização, diminuindo a frequência que esta “sobrando”. Sem conhecimento das condições acústicas do ambiente é natural que ele aceite essas contribuições como parte do material que está escutando, enviando-o para fase de masterização com carência de graves. Continue lendo “Como os sons graves se comportam em um estúdio”