Como os sons graves se comportam em um estúdio

A sala de estúdio é como um instrumento musical e como a caixa acústica de um violão, suas proporções influenciam na sua sonoridade refletindo na qualidade das reproduções e gravações. Um produtor mixando em uma sala que apresenta forte reforço nos graves tende a compensá-los durante a equalização, diminuindo a frequência que esta “sobrando”. Sem conhecimento das condições acústicas do ambiente é natural que ele aceite essas contribuições como parte do material que está escutando, enviando-o para fase de masterização com carência de graves. Continue lendo “Como os sons graves se comportam em um estúdio”